Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Força Sempre!
 


Faça

(colaboração de Andressa Gadelha Silva)

 

Não fale de paz...

PRATIQUE


Não fale de música...

CANTE


Não fale de flor...

PLANTE


Não fale de carinho...


Não fale de Deus...

CREIA


Não fale de fé...

SINTA


Não fale de alegria...

 ESPALHE


Não fale de vida...

VIVA


Não fale de amor...

AME


Não fale de você...

SEJA

 

Fale a verdade claramente,

jamais finja amizade

e seja autêntico, sempre...



Escrito por Diggo às 14h43
[] [envie esta mensagem
] []





Você acha que é complicado ser feliz?
Quem complica tudo não será você mesmo?
Tente simplificar as coisas.
Veja se você mesmo não transforma gota d’água em oceano.
Pare de procurar problemas, procure soluções.
Os problemas surgem sem que sejam procurados.
Saiba, quem procura problema não acha, mas cria.
Ou se torna um problema.
Veja a vida de uma maneira positiva.
E não esqueça: otimismo e determinação levam a ação positiva, que produz felicidade...
Procure não criar problemas e tenha uma maravilhosa semana!
Beijo beijo!!!



Escrito por Diggo às 21h34
[] [envie esta mensagem
] []





"Não importa onde você parou...
em que momento da vida você cansou...
o que importa é que sempre é possível e
necessário "Recomeçar".

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...
é renovar as esperanças na vida e o mais importante...
acreditar em você de novo (...)"

(Carlos Drummond de Andrade)

Escolhi uma data-símbolo pra recomeçar a postar neste blog. Confesso que me faltaram disciplina e paciência para escrever. Esforçar-me-ei para que este ato seja o mais natural possível, já que idéias não me faltam... pelo menos até hoje não faltaram!

A data-símbolo faz referência ao meu primeiro dia (de fato) como graduando em Psicologia da UFBa. Vou poder postar com mais propriedade sobre o que penso e sobre meus sonhos. Porque estes últimos ainda são a base da existência deste blog.

" Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do
tamanho da minha altura."


(Paulo Roberto Gaefke)

 



Escrito por Diggo às 10h29
[] [envie esta mensagem
] []





Dizem que existe somente um problema nos relacionamentos afetivos: os homens não querem que as mulheres mudem e elas mudam; as mulheres querem que os homens mudem e eles não mudam! Certamente, a expectativa de que o outro seja exatamente da maneira como desejamos acaba afetando a maioria dos relacionamentos. O mais importante é compreendermos que uma pessoa não vai mudar apenas porque você está pedindo. Ela só vai mudar se quiser e quando estiver pronta para passar por esse processo de transformação...



Escrito por Diggo às 11h15
[] [envie esta mensagem
] []





Se um cachorro fosse o seu professor

Você aprenderia coisas assim:
Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.

Nunca perca uma oportunidade de ir passear.
Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.
Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.
Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.

Corra, pule e brinque todos os dias.
Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.

Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.
Em dias quentes, pare e role na grama, beba bastante líquido e deite debaixo da sombra de uma árvore.
Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.

Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado... volte e faça as pazes novamente.
Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
Se alimente com gosto e entusiasmo.

Coma só o suficiente.
Seja leal.
Nunca pretenda ser o que você não é.
E o MAIS importante de tudo...
Quando alguém estiver nervoso ou triste, fique em silêncio, fique por perto e mostre que você está ali para confortar.

A amizade verdadeira não aceita imitações!!!
E NÓS PRECISAMOS APRENDER ISTO COM UM ANIMAL QUE, DIZEM SER IRRACIONAL !!!!

(Autor Desconhecido)



Escrito por Diggo às 22h25
[] [envie esta mensagem
] []





Você vive, você aprende, você ama, você aprende
Você chora, você aprende, você perde, você aprende
Você sangra, você aprende, você grita, você aprende
Você se aflige, você aprende, você se sufoca, você aprende
Você ri, você aprende, você escolhe, você aprende
Você reza, você aprende, você pergunta, você aprende
Você vive, você aprende...

by Alanis Morrissete



Escrito por Diggo às 03h14
[] [envie esta mensagem
] []





 

Líderes x Paixões (por Diggo*)

Oi, td bem?

Estava hoje pensando hoje sobre quais características fazem uma pessoa ser admirável, ter carisma, ou melhor ainda, ser um líder.
Dinheiro e poder estão descartados, vide os exemplos de George Bush, Ricardo Teixeira, etc.
Eu acredito que uma dessas características é a Paixão. Vc conhece alguém que é admirado por todos em sua atividade e odeia o que faz? Bom, eu não conheço.
É muito mais fácil ser craque naquilo que vc ama. E não quero aqui ficar diferenciando o amor da paixão. Isso é coisa de brasileiro, da nossa língua. Pra mim, é a mesma coisa. E pro resto do mundo tb! Hehehe...
Então, melhor vc descobrir o que vc gosta de fazer, aquilo que vc ama realmente ... e megulhe, se apaixone, se jogue!
Não falo só de trabalho ... falo de qualquer paixão : livros, filmes, pessoas, famílias, lazer, atividades lucrativas ou não.
O importante é ser feliz! E, vamos combinar, não dá pra ser feliz fazendo algo que vc odeia, né?
Um bom dia pra vc!

(*) Diggo não é escritor e é apaixonado pela Vida que tem!



Escrito por Diggo às 17h37
[] [envie esta mensagem
] []





Desapego
Quando um fruto está em fase de crescimento, ele tem que permanecer grudado à árvore para receber todos os nutrientes necessários ao seu bom desenvolvimento. Mas, quando amadurece, ele se desprende e fica pronto para o consumo. O mesmo acontece com o ser humano: se ele tem muito apego às coisas ou às pessoas, ele se parece com um fruto verde. Ele tem um desejo profundo de continuar preso a falsos suportes como forma de segurança para o seu equilíbrio emocional. Só que esse apego exagerado gera dependência! Portanto, o desapego é a chave para abrir a consciência positiva através da maturidade. Solte-se de sua árvore!

(Toque Brahma Kumaris)



Escrito por Diggo às 08h58
[] [envie esta mensagem
] []





Esse negócio de escrever pra mim nunca foi muito fácil.

Curiosamente, ter idéias e falar delas pra mim nunca foi problema. Mas escrever textos é sempre um desafio para mim.

Quero que tenha conteúdo, formato. Que seja inteligente, criativo, divertido e tenha uma pitada de rebeldia.

É claaaaaro que eu não consigo unir tudo isso num único texto, mas aprendi que nem sempre o bastante precisa "ser tudo".

Então, se isto tudo realmente é verdade ( e é)... por que criar um blog? Justamente por ter idéias e querer falar para as pessoas sobre elas. Ah, e também como uma forma de me desafiar, me tirar da minha zona de conforto e enfrentar o novo. Afinal, "o novo sempre vem".

 Por falar em escrever, estava lendo sobre a vida do co-autor dos discursos de Barack Obama. O nome dele é Jon Favreau e tem apenas 27 anos. Estava recém formado quando aceitou um emprego para trabalhar na campanha do então presidenciável Jon Kerry em 2004. Foi aí que conheceu o senador Barack Hussein Obama e, ousadamente e aos 23 anos, ajudou-o a reescrever  uma frase do seu discurso. Um ano depois Favs (como é conhecido) estava trabalhando com o senador que viria a ser o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos da América.

A equipe de Favs também é muito jovem: o "veterano" tem 30 anos. E evidentemente esta semelhança com minha idade é mera coincidência!

Não penso em escrever como Jon Favreau, mas confesso que estou tomando gosto pela coisa e vou me esforçar para escrever cada vez melhor.

Um forte abraço, 



Escrito por Diggo às 11h29
[] [envie esta mensagem
] []





Timbalada comemora 18 anos em ritmo de música e alegria


Ivan Dias Marques | Redação CORREIO

A maioridade é um momento importante para qualquer um. Com a Timbalada, não é diferente. A banda de axé music que mais inova e experimenta comemora 18 anos em ritmo de muita música e alegria.

"Me sinto muito honrado em fazer parte desta história. A Timbalada é uma lição de vida onde a gente aprende não só musicalmente, mas também sobre respeito e amor", avalia Denny, 29, atual vocalista e que, desde os 12 anos, está na banda.

"Vejo esta comemoração com grande alegria, acho que é fruto de muito trabalho", declara Gilson Freitas, empresário há nove anos e irmão do criador da Timbalada: Carlinhos Brown.

"Nesses 18 anos, ele sempre esteve envolvido. Mesmo quando viajava", conta Freitas. Conheça alguns dos momentos marcantes desta bem-sucedida história:

1990 -  Carlinhos Brown idealiza ensaios ao ar livre no Candeal, selecionando músicos para Vai QuemVem, banda embrião da Timbalada. A intenção era apenas aperfeiçoar os integrantes e deixar as crianças longe da marginalização.

1992  - O ritmo timbaleiro chama atenção e a banda viaja para gravar um CD com Sérgio Mendes, músico vencedor do Grammy.

1992 - Na festa Soltando os Cachorros, no Othon, Pintado do Bongô esquece seu terno branco e pede para ser pintado.

1992 - Antes com 400 integrantes, a Timbalada "se enxuga" e chega a sua formação de 40 músicos e oito vocalistas, entre eles o menino Denny, 12 anos. "Foi Rai Vianna, que até hoje faz trabalho com a gente, que fez os primeiros desenhos", conta Gilson Freitas.

1993 - A banda lança o primeiro disco, homônimo, e logo de cara se impõe pela capa.

1993 - Do disco, vem o primeiro sucesso real, Beija-flor, na voz de Xexéu.

1994 -  Mesmo ainda sem bloco e comandada por Carlinhos Brown, a banda faz o primeiro arrastão no Carnaval de Salvador.

1994 - O Candeal fica pequeno e os timbaleiros fazemensaios na Mansão Fonte do Boi, no Rio Vermelho. As celebridades começam a dar as caras.

1995 - O Bloco Timbalada estreia no circuito Barra-Ondina e atrai uma multidão. Ganha três troféus Bahia Folia seguidos, de melhor bloco alternativo. 1996 Após um ano de obras, Carlinhos Brown inaugura o Candyall Guetho Square, a casa da Timbalada. Os ensaios tornam-se muito concorridos e banda ganha o país.

1996 - Junto com o Candyall veio disco Mineral, com a música Água mineral, primeiro grande sucesso nacional do grupo.

1997 - Um ano depois, a Timbalada lança A latinha, canção histórica do grupo. A partir dela, Ninha rege a multidão, dando volta em palcos, mesas de som e trios elétricos.

1998 - Vamos dar a volta no Guetho - Ao vivo é o primeiro álbum ao vivo da banda. O disco tem participações de Ivete Sangalo, Caetano Veloso e Marisa Monte. É conhecido como um dos melhores trabalhos ao vivo já registrados na Bahia.

2005 - Depois de um período meio turbulento, com entrada e saída de vocalistas, a Timbalada volta a sua melhor forma e comanda 1,5 milhão de pessoas no Carnaval de Madri.

2006 - Para desespero dos fãs, Ninha - vocalista de maior identificação com o público - resolve deixar a banda devido a conflitos pessoais. O futuro da banda se torna uma interrogação.

2007 - Amanda Santiago também deixa a banda e Denny torna-se vocalista único. "Encarei o desafio naturalmente, por tudo que conquistei na minha carreira. Sempre fiz meu trabalho", revelou. O cantor mostra versatilidade e conquista o público.

2007 - Com um certo atraso, a Timbalada lança seu primeiro DVD ao vivo, curiosamente gravado em São Luís, no Maranhão.

2009 - Após chegar à maioridade, a banda inova mais uma vez com a música Chuva de flores e se prepara para o Timba Beats, onde a música eletrônica vai tomar o Museu du Ritmo junto com o som da Timbalada.



Escrito por Diggo às 09h06
[] [envie esta mensagem
] []





NÃO PODIA DEIXAR DE POSTAR O PRIMEIRO TEXTO DO 45º PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, BARACK HUSSEIN OBAMA!!!

POSTERIORMENTE VOU FALAR SOBRE ESTE FATO QUE NÃO VAI MUDAR O MUNDO, MAS COM CERTEZA NOS MOSTRA EXATAMENTE O QUE DIZIA SEU SLOGAN: "SIM, NÓS PODEMOS!"

 

"Obrigado Meus compatriotas,

Aqui me encontro hoje humilde diante da tarefa à nossa frente, agradecido pela confiança depositada por vocês, atento aos sacrifícios feitos por nossos ancestrais. Agradeço ao presidente Bush pelos seus serviços a esta nação, assim como pela generosidade e pela cooperação mostradas durante esta transição.

Quarenta e quatro americanos, até hoje, prestaram o juramento presidencial. Suas palavras foram ditas durante a maré ascendente da prosperidade e nas águas calmas da paz. Mas frequentemente o juramento é prestado em meio a nuvens crescentes e tempestades ruidosas. Nestes momentos a América foi em frente não apenas graças ao talento e à visão daqueles no poder, mas porque nós, o povo, permanecemos fiéis aos ideais de nossos antecessores e aos nossos documentos fundadores.

Foi assim e deve ser assim com esta geração de americanos.

É bem sabido que estamos no meio de uma crise. Nossa nação está em guerra contra uma rede de violência e ódio de longo alcance. Nossa nação está bastante enfraquecida, uma consequência da ganância e da irresponsabilidade de alguns, mas também da nossa incapacidade coletiva de tomar decisões difíceis e preparar a nação para uma nova era. Lares foram perdidos; empregos foram cortados; empresas destruídas. Nossa saúde é cara demais; nossas escolas deixam muitos para trás; e cada dia traz novas evidências de que a forma como usamos a energia fortalece nossos adversários e ameaça nosso planeta.

Estes são os indicadores de uma crise, tema de dados e estatísticas. Menos mensurável, mas não menos profundo, é o solapamento da confiança por todo o nosso país. Um medo persistente de que o declínio da América seja inevitável, e que a próxima geração deva ter objetivos menores.

Hoje eu lhes digo que os desafios diante de nós são reais. São sérios e são muitos. Eles não serão superados facilmente ou num curto período de tempo. Mas saiba disso, América: eles serão superados. (aplausos)

Neste dia nós nos unimos porque escolhemos a esperança e não o medo, a unidade de objetivo, e não o conflito e a discórdia.

Neste dia viemos proclamar o fim de nossos choramingos e falsas promessas, as recriminações e os dogmas desgastados, que por tempo demais estrangularam nossa política.

Ainda somos uma nação jovem, mas, nas palavras das Escrituras, chegou a hora de acabar com as coisas de menino. Chegou a hora de reafirmar nosso espírito resistente; de optar pela nossa melhor história; de levar adiante esse dom precioso, essa nobre ideia, passada de geração em geração: a promessa divina de que todos são livres, todos são iguais e todos merecem a chance de lutar por sua medida justa de felicidade. 



Escrito por Diggo às 20h35
[] [envie esta mensagem
] []





Pra começar, dê um tempo em seu cartão de crédito: 2009 vai ser o ano das coisas que, como diz a velha propaganda, o dinheiro não compra. Sobreviverá melhor à crise quem redescobrir o prazer naquilo que não está à venda. Sonhar que vai dar tudo certo, por exemplo, não custa nada. Vamos lá, tente ser feliz de graça, sem juros, correção monetária ou grandes depressões.

Valorize um beijo, um abraço, um aperto de mão, água geladinha, e-mail de amor, passeio no parque, mergulho no mar, pelada com os amigos, canapé de vernissage, pay-per-view do vizinho, batalha naval, baralho, banco imobiliário, amarelinha, pic-nic, amostra grátis de amendoim, parada gay, casa da sogra, virada cultural, noite de autógrafos, bloco de carnaval, treino físico do Fenômeno, luau, chat...

O resto fica por conta da imaginação de quem, faz tempo, não se contenta com as coisas que o dinheiro não compra. Como diz o novo slogan da propaganda financeira, "Feliz 2000inove".

by Tutty Vasques



Escrito por Diggo às 18h25
[] [envie esta mensagem
] []





SUPER-AÇÃO

Você sabe mesmo o que é superação?

(enviado por Richards Pozzer)

Superação é poder fazer acontecer com as ferramentas que temos em mãos.

Superação é trabalhar da melhor forma possível independente do que pensem ou falem.

Superação é irmos além do que os outros acham que somos capazes.

Superação é saltar tão alto que ultrapasse a barreira da estima machucada, da confiança perdida, do relacionamento quebrado...

Supere-se... SEMPRE. 

Aposte com você mesmo, que ainda hoje fará desse dia muito melhor que ontem.



Escrito por Diggo às 12h09
[] [envie esta mensagem
] []





 

Afff...

Que bom que passou o Natal!

Não, não sou como aquele personagem do Jim Carrey que gostava de viver longe das pessoas.

Mas confesso que fico um tanto quanto impaciente com os desejos de Feliz Natal da boca pra fora, com os shoppings lotados, essas coisas.

Mas tem muita coisa legal nessa época: um ar de Amor e Paz impera nos corações, poder estar com as pessoas que amamos e que realmente fazem a diferença...

Mas por que não fazer isto o ano inteirinho?

Outro dia estava conversando sobre isso: em ser o Papai Noel de alguém.

Não acredito que as pessoas deixem de acreditar em Papai Noel; na verdade, ele só deixa de ser aquela figura que todos nos acostumamos e que foi criado por um cartunista estadunidense.

Os "nossos Papais Noéis" transformam-se nas pessoas que nos presenteiam durante a vida.

Então que tal aceitar este desafio?

Seja o Papai Noel de alguém: vale namorado, marido, amigo, filho, chefe, subordinado, professor, criança carente, desconhecidos...

E o presente pode ser físico, um sorriso, uma palavra de amor, de consolo, um graaaaande favor (aos moldes do filmaço A Corrente do Bem)... qualquer coisa.

Abra seu coração!

Seja feliz e contagie alguém com sua felicidade.

Pense nisso!

 

Um forte abraço,

 

Diggo



Escrito por Diggo às 10h52
[] [envie esta mensagem
] []





"Errei mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo... e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso." (Michael Jordan)

Se o maior jogador de basquete da história, responsável pela quebra de praticamente todos os recordes mundiais desse esporte, aceita e supera cada falha, cada fracasso, e ainda diz que foram eles que o tornaram um sucesso mundial, por que tanta preocupação com os erros que você cometeu na semana passada, no mês passado, no ano passado ou no último final de semana?

Se seus erros tiverem sido graves, se você tiver machucado física ou emocionalmente alguém, reflita sobre isso, mude seu comportamento agora, e carregue o aprendizado e a cicatriz em seu coração. Isso tornará você uma pessoa melhor hoje e amanhã, já que o ontem não pode ser mudado.

Mas agora, uma nova semana está começando. Um novo jogo. Um novo time. Um novo prêmio. Assim é a vida. Quando acordou, hoje pela manhã, o Treinador colocou você para mais um campeonato no jogo da vida. Talvez você erre a cesta, como Michael Jordan. Talvez você erre o gol (Pelé errou muitos), mas cada erro, cada falha deve ser usada por você para aprender melhor o caminho, para encontrar em sua mente o Poder Pessoal que vai colocar seus pés no pódio da vida.

Outras pessoas viram seu erro? E daí? Será que havia câmeras transmitindo seus erros para 100 milhões de pessoas ao vivo? Pessoas que contavam com você? Improvável. Mas quando Michael Jordan erra, milhões de pessoas se lembram.

Se Michael Jordan não se deixa desanimar por um erro cometido na frente de 100 milhões de pessoas (e registrado para a história), porque você se deixaria desanimar pelos seus? Use cada erro como uma escada para fazer a coisa certa. Peça desculpas, descanse, volte ao treinamento e inicie uma nova partida. Sua quadra é em casa, com sua família, no trabalho, na escola, com sua alma gêmea ou em todo lugar em que você esteja nos próximos sete dias. Mesmo quando sua única platéia é seu espelho.

E lembre-se do que Jordan diz: "Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que eu sou um sucesso". O que Jordan quer dizer é que não é possível alcançar o sucesso sem passar pelo fracasso. Deixe-me repetir isso: não é possível. Até quando nascemos, as lágrimas chegam antes dos sorrisos.

Ao terminar essa frase, o jogo vai começar. O Treinador está olhando. Dê o melhor que puder. Respire profundamente, sorria... e boa sorte!



Escrito por Diggo às 22h41
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]